09
Dom, Maio

destaques
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

à crua querela

à luta sem ventre

á revolta vazia

dos anjos do homem.

Empedrados em teu olhar, leitora.

À visão lenta do homem de agora.

(E para sempre?).

 

Ao estrume, ao escárnio.

Ao esterco, ao chorume

humanos.

 

À terra

lugar da vida

e da morte humana.

 

Ao ermo da azáfama de ferro

antes esquálidas vozes da oca boca

perto da ambulante sombra

ouvindo música escura

junto a círculo morto

longe de toda comoção (ou probidade sensível)

distante da beleza (renegada)

estou a ir-me

a sentir não ser.

 

(Num instante regressar à origem

numa autêntica antimaiêutica

da carne e do espírito (corvo ou não)

embarcar. Sem Cítera, ou cais ou sal

de salvação à vista).

{jcomments on}

Murilo Gun

 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS