13
Dom, Jun

destaques
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Aos irmãos Couto, Aqueronte, Estige

através dos quais o barqueiro Caronte atravessa almas 

i

Cocito, estuário das lágrimas

dos homens ruins e pecadores exímios

rio de crivos curvos e metálico lamento

afluente do Estige medonho.

 

ii

Jovem ginete o efebo Aqueronte

voluntarioso e de brio redobrado

um dia deu de beber (água sedenta de ébrio ode)

aos ardentes titãs (desidratados heróis)

rebelados golpearam o General Júpiter

este em represália ao gesto piedoso

transformou-o em rio.

 

iii

A ninfa Estige filha de Tétis e Oceano (de estirpe aquilésia)

asseda de Júpiter na revolta titânica

foi por ele metamorfoseada em rio

de águas poderosas.

iiii

Cortando águas paludosas, ondas geladas, convexo e abisso

silenciosamente sulcado por arados escuros

num vai e vem contínuo, recôndito, lascivo

vai barca arrombada, suja apodrecendo

negra como graúna, gonorreica, truncada, sebenta

a transportar almas vis (inominadas sombras)

que despiram o véu vital da carne

e desesperadas esperam no umbral do cais terrível

a passagem para a outra margem do inferno definitivo

(da margem virtual da vida para a real do fim).

 

O barqueiro coxo, ríspido, cuspindo sombras de vespa.

é o alfandegário quasimodo Caronte.

divindade úmida e fecundante

de cio opulento e maviosas ondas (quais seios)

habitava beiras do inferno

seu sítio habitual e clamoroso

(onde todos desaguamos, rios humanos)

  

iiiii

Arrastando rochedos, êmbolos sublevando

usina de vórtices como se de moinhos se locupletasse

viva correnteza de uivos e histéricos esgares

marés de magestoso enxofre impelindo sem trégua

bacias de fogo em levante das margens opressoras

o barulhento, fumegante e escamoso Flagetonte.

(piriflagetonte, no ardendo, corcel de incêndio

a severa pira hídrica, hino ígneo, garganta líquida)

ao lado dos camaradas ínferos (Couto e Aqueronte)

águas comungadas num só leito paludoso, insalubre, musguento

engrossam o Estige, deságuam num inferno hídrico.

Murilo Gun

 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS