29
Qua, Jun

destaques
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Súbita lágrima do cerne do ferro irrompeu

como gotas de gusa das pálpebras

assim como o som da construção

ecoando linhas descontínuas

da bermuda triangular do verso

comprimindo sólida rima o poema abriu.

Assim como asa de anjo recurvo

de plástico cristal reverbera

como eco branco ignorando narciso

poema levanta-se da página

seta sem norte alvo sem ventre

e assim que se vale o céu do chão

o tempo imóvel ainda arde como um grito

de unguento, como um lamento sem alento.

Murilo Gun

 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS