20
Qui, Jan

Artigos
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Marguerite Yourcenar

Bruxelas, Bélgica, 1903, Northeast Harbor, EUA, 1987

Vivendo na França, recebeu excelente educação e começou a escrever ainda adolescente. Durante a Segunda Guerra Mundial, instalou-se nos Estados Unidos, adquirindo a cidadania americana. Exerceu intensa atividade literária, sempre em francês. A consagração internacional como escritora veio com Memórias de Adriano, romance histórico em forma de autobiografia do imperador romano, no qual associa o retrato psicológico à reflexão ética e política sobre o mundo mediterrâneo no inicio do século II. Autora de romances, poemas, ensaios e lembranças familiares, sua obra cria uma temática polêmica: o homossexualismo, a androginia, a luta entre a racionalidade e a irracionalidade humanas, a mística oriental e a busca pela verdade universal. Em 1979, o governo francês concedeu-lhe a nacionalidade francesa, ao lado da americana, e, no ano seguinte, Yourcenar tornou-se a primeira mulher a ser eleita para Academia Francesa. Obras principais: Memórias de Adriano, 1951; Obra em negro, 1968. O ensaísta Walter Galvani escreveu a respeito dessa maravilhosa mulher.

“Pequena alma terna flutuante

hóspede e companheira do meu corpo

vai descer aos lugares pálidos, duros, nus

onde deverás renunciar aos jogos de outrora...”

 

Esta epígrafe, mais a própria história da escrita de Memórias de Adriano por Marguerite Yourcenar, seus trinta anos de trabalho, a interrupção de 1939 a 1948 causada pela angústia da Segunda Guerra Mundial, depois a retomada e enfim a publicação, o misterioso e inigualável Castelo Sant’Angelo (refúgio dos papas)  às margens do Tibre, que nada mais é do que o túmulo do imperador Adriano, sucessivamente fortaleza, cárcere e hoje belo museu e caminho natural para o Vaticano para os que procedem do centro histórico de Roma, e que faz pensar, no dizer do próprio Adriano, “nos terraços e nas torres pelos quais o homem se aproxima dos astros”, tudo isso, como se não bastasse o texto em si, soma-se para transformar esse livro Memórias de Adriano, editado em 1951 pela Librarie Plon, de Paris, é um imenso clássico de todos os tempos.

“Um pé na erudição, outro na magia” – escreveria Marguerite Youcernar – “ou mais exatamente, e sem metáfora, nesta magia simpática que consiste em nos transportarmos em pensamento ao interior de alguém”. É assim que ela descreve sua tarefa, dando as “regras do jogo”: “tudo aprender, tudo ler, informar-se de tudo e, simultaneamente, adaptar ao objetivo a ser atingindo. Como os “Exercícios” de Ignácio de Loyola ou o método do asceta hindu que se esgota, durante anos, para visualizar um pouco mais a imagem que ele criou com as suas pálpebras fechadas”.

Josué de Castro

Josué Apolônio de Castro nasceu no Recife no dia 5 de setembro de 1908. Após os estudos secundários que fez no colégio Carneiro Leão e Ginásio Pernambucano, foi estudar no Rio, onde se diplomou em Medicina. Regressou ao estado em 1932 e por concurso tornou-se livre docente de fisiologia da nossa Faculdade de Medicina. Josué sempre dedicou sua melhor atenção aos problemas da nutrição. Seus estudos sobre os problemas do Nordeste o tornaram conhecido, e, em 1939, suas conferências em Roma e Milão sobre “Problemas da Alimentação Humana nos Trópicos” o projetaram internacionalmente. Josué foi também Geógrafo e Sociólogo. Em 1948, publicou, como sua obra mais conhecida, Geografia da Fome, que o consagrou definitivamente. Homem comprometido com as teses mais à esquerda, ingressou no PTB, foi Deputado Federal e com o Golpe Militar de 1964, quando já era um nome internacional e representava o Brasil junto aos organismo internacionais da ONU, foi cassado. Viveu o resto dos seus anos no exílio, na Suiça e na França. Faleceu em Paris, no dia 24 de setembro de 1974. Ao lado da carta manuscrita de Josué, enviada ao jornalista Francisco Bandeira de Melo, grande poeta brasileiro, recentemente falecido.

{jcomments on}

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS