28
Dom, Nov

Admmauro Gommes

Assim que eu cheguei ao Reino, naquela manhã de domingo, logo ouvi uma reclamação do poeta Vital Corrêa de Araújo a respeito de Beckenbauer. Para os íntimos, Beck:

- Beck estava há três horas na minha porta, lá na biblioteca, junto do Reino. Então fiquei preocupado. Aqui não tem água, não tem pão... não deixei que ele entrasse. O lugar é pequeno... Então me debrucei na porta e comecei a conversar com ele.

Leia mais...

É AA o primeiro poeta absoluto do Brasil, nos moldes e arcabouços conceituais desenvolvido por professores e alunos da FAMASUL (complexo universitário municipal de Palmares-PE).

À FAMASUL integra um corpo ou uma plêiade de professores de literatura (Admmauro Gommes, Ricardo Guerra, Wilson dos Santos, compondo um dinâmico e criativo departamento de literatura dirigido por João Constantino).

Leia mais...

VCA

A nova, vigorosa e nunca mais esmaecida poesia de Admmauro Gommes, como que possuída de catraca dessentimentalizante (para diferir do banal poético que nos cerca e acorrenta), chega logo à plenitude... e o instala como uma revelação nova e um mestre poeta em terra de poetas mestres.

Leia mais...

Vital Corrêa de Araújo

 

Poesia inútil e necessária. Necessária, por sua inutilidade prática, imediata, num mundo – ou estádio da vida humana – em que o valor mercantil é fundante e o estético, quase nulo (ou subordinado, a reboque da política do sentimento, do humor dos poderosos, da banalidade do imoral, de tudo que esteja à flor da pele, não à flor da alma).

Estético, o que é isso, companheira? É algo ligado à cosmética? Estético é a silhueta, o perfil da moda, a forma especial do corpo (jovem ou não) que resulta da malhação e da bulimia? Estética é elegância, beleza corporal. Ou seja, estético é algo que dinamiza a economia. Fora disso, é invenção de poeta metido a filósofo. Baboseira, conversa mole, papo furado, inutilaria barata.

Leia mais...

NA PRAÇA LITERÁRIA DE PERNAMBUCO

Foi lançado mais um (dos mais de trinta) livro do Professor de Literatura da FAMASUL-Palmares-PE, Admmauro Gommes, com o título “A estranha poesia de Vital Corrêa de Araújo”. Cerca de 180 exemplares foram autografados, numa festa literária sem precedentes, somente equivalendo à do lançamento da obra filosófica Sabedoria ou mediocridade, do filósofo e historiador Cel. Reginaldo Oliveira.

Leia mais...

(trecho do prefácio para o livro 77 haicais, de Osman Holanda)

Vital Corrêa de Araújo

O haicai foi, desde o seu início, algo decisivo na poesia, constituindo um ponto de inflexão na poesia do mundo, dotando a palavra de energia incontida no âmbito da contenção verbal vital que deva caracterizar o poema. Foi um retorno à origem lírica da poesia (assemelhando-se aos epigramas gregos de 600, 700 anos A.C.).

Leia mais...

ao leitor futuro da poesia absoluta

aos leitores presentes (presenciais)

da FAMASUL: a universidade da

poesia absoluta.

 

É preciso investir (inversão real e concreta) na recepção da obra poética neoposmoderna. Preparar o leitor bem. Assediá-lo sempre. Militar nesse futuro leitor. Fazer o trabalho de alistá-lo nas hostes velozes e promissoras da poesia absoluta. No âmbito de um processo aberto de proselitismo (largo e insistente).

 

Leia mais...

Osani Severina

FAMASUL/Letras

Quando se fala em poesia, logo sem vem à mente o uso de metáforas, as melhores palavras na melhor ordem que encantam os nossos corações, ou melhor, para quem desconhece o real sentido da poesia, pode até dizer que para tal automatismo do pensamento, é necessária a rima.

Leia mais...

No Ano-Novo de 1961, Hemingway, um frágil velhinho de 61 anos, de cabelos brancos, pálido, magro mas aparentemente muito melhor, teve permissão para ir a sua casa em Ketchum. Pediram-lhe que colaborasse com uma frase para um livro de recepção ao recém-empossado presidente John F. Kennedy, mas um dia inteiro de trabalho não produziu nada.

Leia mais...

(Notas de um leitor fiel)

 

Por VITAL CORRÊA DE ARAÚJO

“Primeiro encontrar, buscar depois”. Jean Cocteau.

Magníficos a atitude, o programa de vida, a visão existencial contidos nesta síntese de Cocteau.

A volúpia reside no estado ou na construção? Para o autor de BACCHUS, vale mais o dado do q

 

Leia mais...

Mais Artigos...

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS