destaques
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Que corre no grande rio estranho

senão caudalosas lágrimas (ou crocodilos loucos)

que se recolhe dele que não seja dor

do povo náufrago do Eufrates preso

a aços fundos da saudade em vão?

 

Que reverberam nas ribeiras do grito

senão correntes de ferro líquido?

 

E os ecos dos clarins feridos que destilam

senão pérolas de pura agonia

amaros elixires que ensurdecem nomes?

 

Que correnteza de vozes e urros ermos

faz tremer horizonte dos sôbolos rios

senão o longa pranto dos cativos?

(cujos olhos saudade acorrenta

a banzos inacabados do futuro).

O que cristalino segredo das águas abre

senão fino lauto choro dos exilados?

Que são os rios da Babilônia senão

torrentes que choram saudades de Sião?

 

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 

REVISTAS E JORNAIS