25
Sáb, Set

destaques
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os brincos de Ganimedes são ásperos

e o túmulo da água grega excele.

 Ao sátiro de ouro do relicário de Tarento.

Todo o volume da soberbia exposto. A oiças civis.

 

Os últimos deuses vi agitados ainda

musculosos, contorcidos, agonizantes.

 

Poema a ritmo de anéis de serpentes.

 

Que força move roda da vida duvidosa

ou dínamo da fortuna que não

poesia absoluta?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Murilo Gun

 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS