24
Sáb, Jul

Aprendi com Pound uma poética de rigor e a libertação do verso. E o silêncio de Pound, em Veneza (onde estive a rever seus passos como os de Borges em Buenos Aires) era poético.

Leia mais...

No começo do século XX, na França e na Alemanha, surge um grupo de pintores chamados expressionistas na Alemanha e fauvistas na França.

Leia mais...

O poema absoluto opera, através do verbo, uma fusão entre o consciente e o inconsciente, tanto do autor poeta, quanto do leitor, que complete o poema, encontrando em

Leia mais...

O mistério da poesia somente se engasta na página (papel ou alma) com o selo (ou saliva) da metáfora, com o elo que sólido cola palavra e imagem (liame de vocábulo) e assim monta o objeto sintagma, molécula do verso.

Leia mais...

do livro em elaboração final: Morte dos poetas.

Novalis, o gênio lírico romântico, era votado à poesia e à morte, como bom romântico, tipo Byron, Castro Alves, o além umbral era algo familiar a ele.

Leia mais...

Não se trata da busca do sentido perdido (ou abrir a vital arca do significado), mas de perder os sentidos, ocultá-los, tornando-os indecifráveis,

Leia mais...

As palavras poéticas montadas em sintagmas velozes como cavalos filológicos e selvagens (ou soltas na hara da página), quase indomesticáveis, engolfadas em paradoxos e incompatibilidades ou extremas disparidades entre substantivos (passivos às vezes) e adjetivos, que o poeta conubia, faz interagir, acasala pois, de modo mais íntimo possível, alcançando autêntica boda sintagmática oficiada por solene paradigma (paramentado de metonímias).

Leia mais...

Mais Artigos...

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS