28
Dom, Nov

Artigos
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O texto literário tem uma estrutura composta de regras de comunicação (expressão) que produzem níveis de informação não transmissíveis de outro modo.

Daí, não ser possível traduzir um poema em prosa corrente, lógica. Poema parafraseável não “contém poesia”.

 

O verso é a unidade-base (a célula mater) do discurso poético e não é (nunca, jamais) definível por uma constante rítmica, sintática  ou entonacional. A isorritmia, a isotonicidade ou isossintaxe não passam de convenções de época. (Embora, no caso do Brasil, a “convenção” tornou-se regra).

A função do poema é ser percebido em forma opositiva à prosa. Nessa “diferença” da prosa reside a essência poética.

{jcomments on}

 

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS