28
Dom, Nov

Diversos
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

VCA

“A mão designa e assinala

porque o homem é um sinal”.

“É a ambiguidade da linguagem

fonte da poesia”.

 

 

 

“A partir dessas citações de Heidegger, para quem a sugestão vale mais que qualquer explicação, deduzo que a palavra poética vá além de qualquer univocidade do conceito ou do dizer (discurso). “É portadora de significações viris e mais que finitas”.

É a palavra, não como mero utensílio, mas criadora da humanidade do homem. A palavra (poética) como desvelamento e expansão (expressão) do Ser. Daí, destacar-se o papel da palavra no processo original de antropogênese.

{jcomments on}

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 

REVISTAS E JORNAIS