28
Dom, Nov

Diversos
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os sentidos do poema absoluto são muitos. Tantos que o tornam insensível. Não existem fórmulas, metodologias, sistemas que o abarquem, que os reúnam tais sentidos ou o expressem. Todo poema absoluto é visionário. E extremo. Declaradamente meio abstrato.

 

 

Visão extrema, múltipla, simultânea, inteira o caracterizam. Visão que vá além de quaisquer horizontes que a palavra projete. Isto é, uma nova forma, modo, maneira de ver da palavra poética está em jogo no campo da poesia absoluta. O poeta absoluto é visionário porque alicia o leitor a ver além dele mesmo (dele, leitor, e, dele, poeta). O aliciamento do leitor começa no início do poema e objetiva desviar cada leitor do modo de ver convencional, comum, geral, isto é, ordinário... e conquistá-lo para uma nova modalidade de visão (poética), uma nova maneira de olhar a palavra, em sua nova disposição (ou disponibilidade, potencial imedido, fio de vertigem, meada de devaneio).

 

{jcomments on}

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 

REVISTAS E JORNAIS