13
Sáb, Ago

Poemas
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A melancolia realmente é de cimento. Não exagero.

Juro-o, pelos vãos exangues do céu. Sigo os ângulos

exilados e, do vértice do nojo à seda do prisma, fico

em torno da palavra vida. Vida que exala lamento de abadia.

Porém, como costumo consultar (ou contemplar) os aspectos

Dos anjos mijando (quando mijo) e suas belezas angulares

e seus olhares e auras lunares (não náufragos como

os olhares pétreos das medusas), permaneço

merencório, como torres penduradas dos cemitérios, ou

desejos estendidos nos seios das quimeras

oblíquas do tempo. Embora, tudo não passe de uma questão

de mercúrio cromo ou prata do pensamento, na proveta

frágil assentada de um texto inacessível... gozo.

 

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS