09
Dom, Maio

Ao ver o carnaval chegar, apressei o passo para abrigar do frevo a alma. Buscar um retiro para ela. Cuido bem da alma, nino-a, dengo-a muito, não a deixo entregue ao

Leia mais...

A uretra do objeto era álvara, embora indecisa... e a verdade escura ainda como o coração da pedra ou o grito sonâmbulo apenas azul do enorme rumo que se abriu de

Leia mais...

A prosa deslumbrante, surpreendente, inconfundível de Borges, com seus requintes estilísticos, sua temática labiríntica e ângulos inusitados de abordagem da realidade

Leia mais...

O poema é um objeto (não é sujeito) de palavras nada físico ou fisiológico, construído pela imaginação...

Leia mais...

Aos leitores do site Poesiabsoluta no âmbito da coluna Paradoxos e provocações literários, trago a questão do significado em poesia.

Leia mais...

Mais Artigos...

Murilo Gun

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.
 
Advertisement

REVISTAS E JORNAIS